facebook cmm youtube cmm1

A exposição World Press Photo 2016 estará patente no Fórum da Maia, de 18 de novembro a 8 de dezembro, de terça a domingo, das 9h00 às 22h00, sendo de entrada livre.
A “Maiambiente”, enquanto um dos patrocinadores do evento, divulgará a exposição em quatro viaturas de recolha de resíduos, numa parceria absolutamente inédita e inovadora. As viaturas, decoradas com oito das fotografias premiadas, estiveram em exposição na Praça do Município no dia 30 de outubro, tendo começado a circular pelas ruas do Município no dia seguinte.

Continuar...

A World Press Photo realiza-se na Maia há 16 anos e é já um acontecimento de grande relevância no nosso Município e na Região Norte, aguardado com enorme expectativa pelos milhares de pessoas que habitualmente visitam a exposição.
Em 2016, a exposição estará patente no Fórum da Maia, de 18 de novembro a 8 de dezembro, de terça a domingo, das 9h00 às 22h00. Na edição deste ano, tal como sucedeu em anos anteriores, e porque a Câmara Municipal da Maia está atenta às dificuldades vividas pelos portugueses, a entrada na exposição será gratuita.
A inauguração da World Press Photo 21016 terá lugar no dia 17 de novembro, pelas 21h30, e contará também com a presença de um Comissário da Fundação World Press Photo.

Continuar...

No dia 29 de outubro, pelas 15h00, a Câmara Municipal da Maia assinalou o Dia da Rússia, com a assinatura de um Protocolo de Cooperação entre o Município da Maia, o Agrupamento de Escolas Gonçalo Mendes da Maia, a Associação AMIZADE - Associação de Imigrantes dos países de Leste e a Agência Federal de Cooperação Internacional Cultural da Rússia, que visa a cedência de instalações do Agrupamento para o ensino da língua e da cultura russas a descendentes de imigrantes dos países de Leste na Maia e no Norte de Portugal.

Continuar...

No dia 20 de outubro de 2016 teve lugar, na Casa do Corim, um Seminário dedicado às Oportunidades de Negócio no Cazaquistão. O principal orador neste evento foi o Encarregado de Negócios da República do Cazaquistão em Lisboa, Sr. Nurzhan Abdymomunov.
Foi focado o facto de o Cazaquistão ser membro da União Económica Euroasiática (Rússia, Bielorrússia, Quirguistão e Arménia), que permite comércio livre sem taxas alfandegárias entre os países-membros e acesso a uma população de mais de 180 milhões de pessoas. Adicionalmente, e a título de exemplo, a localização do Cazaquistão, no centro do continente Euroasiático, e infraestruturas logísticas terrestres favoráveis para o transporte de mercadorias reduzem o tempo de transporte de mercadorias desde o Mar Báltico até à China a apenas 10 dias.

Continuar...