Passar para o Conteúdo Principal Top
Câmara Municipal de Maia
Logótipo da Câmara Municipal de Maia

Sorria, está na Maia!

Relações Internacionais e Cooperação Económica

As relações entre cidades constituem uma das melhores formas de cooperação descentralizada de natureza bilateral, consolidando relações de amizade, intercâmbio e solidariedade, promovendo sinergias a nível cultural, social e económico, e fomentando o direito internacional de participação, a um nível pessoal e cívico, das populações envolvidas.

A Câmara Municipal da Maia acredita que estas relações promovem o Município internacionalmente, valorizando o know-how técnico da instituição e o potencial da atividade económica e empresarial do Município, contribuindo também para a melhoria contínua dos serviços e para o desenvolvimento local, pela partilha de conhecimentos, experiências e boas práticas. Paralelamente, e mais especialmente no contexto dos países lusófonos, são também um meio de contribuir para a melhoria da qualidade de vida das populações e para a preservação de laços históricos e culturais comuns, preservando esse legado e respeitando sempre as diversidades existentes.

A Câmara Municipal da Maia entende também que é importante incentivar o desenvolvimento de projetos integrados de cooperação, de média e longa duração, que envolvam parceiros nacionais e locais, de forma a constituírem uma aposta no processo de desenvolvimento das populações e das regiões dos países envolvidos, procurando pautar sempre a sua ação de cooperação por estes princípios.

Valorizando esta forma de cooperação descentralizada, o Município da Maia tem relações privilegiadas com cidades de vários continentes, demonstrando a sua capacidade de adaptação a diferentes contextos sociais, culturais e económicos.

No âmbito europeu, a cidade da Maia tem relações privilegiadas com Castela e Leão (Reino de Espanha), Mantes-la-Jolie (República Francesa) e Andrézieux-Bouthéon (República Francesa).

No continente africano, a Maia tem como parceiros São Nicolau (República de Cabo Verde), Sal (República de Cabo Verde), Nampula (República de Moçambique), Água Grande (República Democrática de São Tomé e Príncipe) e Mbombela (República da África do Sul).

Na Ásia, foram celebrados acordos de cooperação cultural, comercial e industrial com Lanzhou (República Democrática da China) e Xangai (República Democrática da China) e um memorando de compromisso para estabelecimento de relação de geminação com Jiangmen (República Democrática da China).

Finalmente, na América do Norte, a cidade da Maia está geminada com Sault Ste. Marie (Canadá).

Além destes Protocolos de Geminação e de Cooperação bilaterais, a Câmara Municipal da Maia integra também redes de cooperação, como é o caso da Rede Intermunicipal de Cooperação para o Desenvolvimento e o Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular.

  • Água Grande

    Protocolo de Cooperação celebrado a 30 de abril de 2008.
    No âmbito deste Protocolo foram já realizadas atividades nas áreas de restauração de edifícios públicos, de cultura e de formação. Pretende-se, no futuro, levar a cabo iniciativas de caráter económico.

  • Andrézieux-Bouthéon

    Protocolo de Geminação e de Cooperação celebrado a 16 de junho de 2002.
    No contexto deste Protocolo foram já desenvolvidas várias iniciativas, essencialmente, a nível cultural e desportivo, de que são exemplo feiras de artesanato e a Eurofoullé (corrida anual).

    Website: http://www.andrezieux-boutheon.com/

  • Castilla y León

    Protocolo de Colaboração celebrado a 4 de março de 1998.
    Um programa de atividades anual que abrange diversas áreas desde música, artes plásticas, teatro e desporto, determina as atividades a desenvolver nestas áreas, em ambas as cidades.

     

    Website: https://www.jcyl.es/

  • Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular

    A Câmara Municipal da Maia é membro, desde 1 de janeiro de 2015, do Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular, uma associação transfronteiriça, integrada pelas principais cidades da Galiza e da região norte de Portugal, que nasceu em 1992. O Eixo tem atualmente 38 membros que procuram trabalhar em conjunto no sentido da promoção do desenvolvimento e da coesão económica, social e cultural das cidades e das regiões abrangidas, nomeadamente, mediante a estruturação de um território comum.
    As atividades do Eixo Atlântico dividem-se em quatro grandes grupos temáticos: turismo, cultura e educação, desporto e sustentabilidade. Assim, a diversidade dos programas é grande e constitui uma oportunidade muito interessante para o enriquecimento quer dos técnicos da Câmara, quer da própria sociedade civil do nosso Município.

     

    Website: https://www.eixoatlantico.com/index.php/pt/

  • Jiangmen

  • Mantes-la-Jolie

    Convention de Jumelage et de CoopérationConvenção de Geminação e de Cooperação celebrado a 25 de novembro de 2000.
    Das atividades desenvolvidas, destacam-se a participação do Município Maiato na “Foire Expo” (onde foram apresentados usos, costumes e tradições do nosso Município) e a participação de jovens em campos de férias nas duas cidades.

     

    Website: http://www.manteslajolie.fr/

  • Mbombela

    Memorando de Compromisso celebrado a 11 de outubro de 2010, manifestando a vontade de unir as duas instituições através de um Protocolo de Geminação.
    Memorandum of Understanding

     

    Website: http://www.mbombela.gov.za/

  • Nampula

    Protocolo de Cooperação celebrado a 9 de julho de 2001.
    O objetivo deste Acordo de Cooperação é contribuir para o desenvolvimento de Nampula. Em outros, deu-se a participação na Feira de Artesanato da Maia.

  • Rede Intermunicipal de Cooperação para o Desenvolvimento

    A Rede Intermunicipal de Cooperação para o Desenvolvimento (RICD) foi criada em 2013 e é atualmente integrada por 17 Municípios portugueses. São objetivos desta Associação: o reforço do papel dos Municípios Portugueses enquanto agentes ativos de cooperação para o desenvolvimento; a promoção de sinergias entre projetos de Cooperação nacionais e internacionais como estratégia eficaz para a redução da pobreza e para alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável; a promoção da comunicação entre os Municípios a nível nacional e internacional, contribuindo para a boa governação a nível local; a troca de experiências e informações de natureza técnico-administrativa entre os seus membros; a promoção de Projetos de Cooperação conjuntos de natureza diversa e a promoção de ações de sensibilização e educação para o desenvolvimento.
    Desde a sua constituição que o Município da Maia assume, em colaboração com Loures, a Vice-Presidência da RICD.

     

    Website: http://www.redesparaodesenvolvimento.org/

  • Sal

    Protocolo de Cooperação celebrado a 11 de setembro de 2015.
    Este Protoclo de Cooperação abrange as áreas de formação de técnicos municipais, proteção do ambiente, promoção do desporto e da cultura e apoio ao tecido empresarial.

  • São Nicolau

    Protocolo de Cooperação celebrado a 29 de junho de 1998.
    O objetivo deste Acordo de Cooperação é contribuir para o desenvolvimento de São Nicolau. Especificamente, o desenvolvimento do seu Corpo de Bombeiros e a reconstrução do Edifício dos Paços do Concelho.

  • Sault Ste. Marie

    Twin City Protocol Protocolo de Geminação celebrado a 18 de maio de 1999.
    No âmbito deste Protocolo de Geminação foram já realizadas atividades de carácter económico.

     

    Website: http://saultstemarie.ca/