Passar para o Conteúdo Principal Top
Câmara Municipal de Maia
Logótipo da Câmara Municipal de Maia

#sorrirseguirseguro

ANGÉLICA SALVI - Música pelo Concelho, Música pelo Património

25 Nov
Adicionar a calendário 2022-11-25 00:00:00 2022-11-25 00:00:00 Europe/Lisbon ANGÉLICA SALVI - Música pelo Concelho, Música pelo Património Evento
ANGÉLICA SALVI - Música pelo Concelho, Música pelo Património
Cultura

No âmbito do programa "Música pelo Concelho, Música pelo Património", a consagrada harpista Angélica Salvi, atua no próximo dia 25 de novembro, às 21h00, no Mosteiro de Águas Santas, com entrada gratuita.

A música de Angélica Salvi situa-se entre a memória, familiaridade e relações. Talvez seja um desrespeito pelas regras começar por uma referência à música da harpista por via do abstrato, ao invés de arrancar com a referência de que é espanhola, reside no Porto desde 2011, e que “Habitat” é o segundo registo a solo, depois de “Phantone” (Lovers & Lollypops, 2019). Mas esse “desrespeito” faz parte também da música de Angélica Salvi. Não pede desculpa para ser como é. Faz esquecer os factos, abre de imediato um imenso leque de sensações e respira uma linguagem que qualquer ouvido entende. “Nan”, o tema de abertura, consegue, em meros segundos, criar uma levitação sonora. Isto antes da harpa, como a imaginamos, fazer-se ouvir.
Se “Phantone” existia nessa palavra criada entre “Pantone” e “Phantom”, favorecendo uma viagem pela memória, as harmonias abertas, coloridas e conviviais de “Habitat” promovem uma ideia de presente, de viver o momento. Gravado em Maio deste ano no seu estúdio (Garagem 16), “Habitat” é um grande passo em frente. Parte disso tem a ver com a comunicação direta destes oito temas. A harpa continua a ser o elemento central, mas há um maior uso de efeitos e processamento de som que tornam o som mais especial. O facto desse trabalho ter acontecido em tempo real, para tornar possível que o som se consiga reproduzir e processar de forma direta, tornam a experiência sonora bem mais real, viva, efervescente. Essa abordagem permite igualmente que o som da harpa aconteça com presença de espaço. Imponente, faz-se ouvir, causa estrondo.
Os sons parecem uma porta para um caminho, sem que algo se feche. As melodias encantam, mágicas, sem feitiços, adornadas por algo de etéreo. Os temas de “Habitat” ouvem-se como canções e menos como peças. Curiosamente, evoluem como composições abertas, luminosas e que irradiam luz. Há algo de relacionável aqui, tal como em “Phantone”, mas se aí existia um convite pela memória/nostalgia, aqui é como se a música esticasse a mão e quisesse andar lado-a-lado. Os sons encontram-nos, apanham-nos desprevenidos – daí ouvirem-se como canções próximas, familiares – e ecoam com uma vontade de levitar. Talvez por isso, se sinta que a música de Salvi dá a mão, para não se fugir com as canções. Quer-nos ali, a conviver com ela naquelas melodias.
O primeiro tema, Crina, já se encontra disponível para escuta no bandcamp da Lovers & Lollypops, sendo acompanhado de um vídeo da autoria do realizador portuense André Gil Mata.
Habitat será editado digitalmente e em formato vinil no dia 4 de novembro.


MÚSICA PELO CONCELHO, MÚSICA PELO PATRIMÓNIO é um projeto de promoção musical que teve início em 2020 e esta edição apresenta-se com um novo formato, que assenta na promoção e valorização do património arquitetónico e cultural do concelho.
Trata-se, assim, de uma iniciativa promovida pela Divisão de Cultura da Câmara Municipal, com a colaboração das Juntas de Freguesia, que consiste na realização de atuações musicais em imóveis do património arquitetónico existentes em cada freguesia, criando uma simbiose entre a música e património.
Com a realização deste evento pretende-se fomentar a descentralização cultural, a dinamização de recintos do concelho e a criação e fidelização de novos públicos, constituindo estes alguns dos princípios inerentes à política cultural do município.

Os espetáculos apresentam-se em diferentes estilos musicais e têm entrada livre.

Organização | Câmara Municipal da Maia
Produção | MAKUMA Digressões e Produções Musicais

Programa completo "Música pelo Concelho, Música pelo Património"
30 de setembro, 21h00
Igreja de Pedrouços
“CAPRICHOS” - L’EFFETTO ENSEMBLE

5 outubro, 21h30
Auditório da Junta de Freguesia de Milheirós
RICARDO PASSOS

7 outubro, 21h30
Coreto, Largo do Souto - S. Pedro Fins
FADO VIOLADO

8 outubro, 21h30
Igreja de Nogueira
FILIPE QUARESMA

15 outubro, 21h30
Igreja de Santa Maria de Avioso
ESPIRAL

22 outubro, 21h30
Mosteiro de Moreira
BANDO DE SURUNYO

4 novembro, 21h30
Igreja de Nª Senhora da Paz - Vila Nova da Telha
ADLIB STRINGS

12 novembro, 21h30
Igreja de Gueifães
DUO “DISSONÂNCIA”

19 novembro, 21h30
Capela Nª. Senhora da Luz e Santa Bárbara - Vila de Luz, Folgosa
HENRIQUE FRAGA

25 novembro, 21h00
Mosteiro de Águas Santas
ANGÉLICA SALVI