Passar para o Conteúdo Principal Top
Câmara Municipal de Maia
Logótipo da Câmara Municipal de Maia

#sorrirseguirseguro

Agenda Outubro_Biblioteca Municipal da Maia

01 a 29 Out
Adicionar a calendário 2022-10-01 00:00:00 2022-10-29 00:00:00 Europe/Lisbon Agenda Outubro_Biblioteca Municipal da Maia Evento
Agenda Outubro_Biblioteca Municipal da Maia
2022_10_asas_de_poesia_cmm
2022_10_comunidade_leitores_cmm
2022_10_contos_contigo_conto_cmm
2022_10_encontro_autor_cmm
2022_10_historias_fiadas_cmm
2022_10_lancamento_livro_cmm
Cultura

1, 8, 15 , 22 e 29 de outubro, 11h30
Hora do Conto - "Histórias Fiadas"

Sábados mágicos, histórias divertidas, fantasia e imaginação, contos maravilhosos e muita animação. A Biblioteca espera por ti com incríveis leituras para toda a família.

DURAÇÃO | 20 min
PÚBLICO-ALVO | infantil

4 a 28 de outubro
Centenário de nascimento de Agustina Bessa-Luís
Exposição
“Capas, Prefácios e Outros Textos”


Muitas são as formas de, através de uma exposição homenagear Agustina Bessa-Luís, esta pretende, sobretudo, servir de acicate motivacional para a leitura da sua obra, fazendo um jogo entre as capas de alguns dos seus livros (da sua mais recente editora, a Relógio D’Água), alguns dos prefácios escritos por leitores especiais e textos afins da autora como seja a minuciosa biografia de Isabel rio Novo ou as cartas da filha da escritora Mónica Baldaque. O objetivo desta exposição é aproximar Agustina Bessa-Luís dos leitores atuais.

HORÁRIO | segunda das 18.00h às 23.00h / terça a sexta das 09.30h às 23.00h / sábado das 09.30h às 22.30h

4 a 28 de outubro
Hora do Conto - "Contos Contigo Conto"

Contos Contigo Conto é a atividade de contar histórias que a Biblioteca Municipal realiza diariamente para os mais novos e que permite o enriquecimento das experiências infantis, o desenvolvimento da linguagem, do imaginário, da criatividade e do potencial crítico das crianças. Para os mais pequenos, o livro “O lobo não morde!” de Emily Gravett e para os mais crescidos, “Camilo, o camaleão” de Hannah Peckham

DURAÇÃO | 20 min
LOCAL | Escolas
PÚBLICO-ALVO | infantil

4 a 28 de outubro
Visita "Vem conhecer a tua Biblioteca"

Esta atividade tem como objetivo dar a conhecer a missão e os objetivos da Biblioteca Municipal da Maia, através de uma visita aos diferentes espaços e serviços, aprendendo a rentabilizar os vários recursos deste sistema de informação.

DURAÇÃO | 45 min
PÚBLICO-ALVO | juvenil-adulto
INSCRIÇÕES (se aplicável) | biblioteca@cm-maia.pt
HORÁRIO | 09:30 às 17:30
ENTRADA | Livre
PREÇO (se aplicável) | atividade sujeita a marcação (mínimo de 5 inscrições)

7 de outubro, 21h00
Comunidade de Leitores
Encontro com a escritora Dulce Garcia

 “Olho da rua” é um romance que traz para o universo da ficção a realidade do quotidiano urbano do século XXI: trabalha-se para viver e vive-se para trabalhar. No escasso tempo que sobra, ficamos à mercê de quem nos paga o salário e de uma irremediável solidão. Mordaz e cru, “Olho da rua” traz à tona a mesquinhez do ser humano e de uma sociedade garrotada pela competição. Povoada por figuras com quem nos cruzamos todos os dias, mas de quem desconhecemos o lado oculto, eis uma sátira irresistível do nosso mundo e uma alegoria sobre o instinto de sobrevivência e o impulso de liberdade.

PÚBLICO-ALVO | geral

20 e 21 de outubro
Comunidade de Leitores

A edição da Comunidade de Leitores em 2022, denomina-se "IN LIVROS”, com o tema “Os livros dos leitores”, percorre as escolhas bibliográficas feitas pelos seus membros. No caso em concreto desta opção temática, acresce ainda uma outra mais-valia que se prende com a possibilidade de se poder incorporar novas escolhas de livros hoje desconhecidos e que sejam sugeridos por novos e atuais leitores, mantendo sempre dinâmico o ritmo e compromisso dos leitores. Este mês o livro proposto para discussão é "A arte de chorar em coro", de Erling Jepsen.


HORÁRIO | Dia 20 às 15h e dia 21 às 21h
PÚBLICO-ALVO | juvenil-adulto

22 de outubro, 18h30
Lançamento do livro “O inferno do nosso (des)confinamento” de Carlos Magalhães

Este livro aborda, entre outras reflexões produzidas no contexto dos confinamentos a que fomos coagidos pela covid-19 e das restrições impostas pela tutela sanitária, a questão da (in)violabilidade da liberdade do cidadão, inclusive em expressar-se.
Há muito que a gestão política da covid se tornara evidente. Com a vacinação das crianças pequenas, por exemplo, confirmou-se que a saúde pública nunca foi a questão central e que, concomitantemente, a democracia se desvanecia. O governo e a DGS assumiram laivos de perversidade quando usaram as crianças como escudos dos medos e dos fantasmas dos adultos e comportam-se, ainda, de forma antidemocrática quando instrumentalizam os bens comuns.
Já morreram, entretanto, milhares de portugueses com outras doenças, negligenciadas com a "obsessão" covid, mas a narrativa oficial foi essa mesma da covid, acima de tudo e de todos, mesmo que isso acarretasse restrições absurdas dos nossos direitos e garantias. Não estaria na altura de investir os dinheiros públicos em melhores e razoáveis opções, como no fortalecimento do serviço nacional de saúde, nomeadamente na aquisição de mais e melhores equipamentos e na contratação de mais pessoal? Não seria mais racional investir na prevenção?
Nestas suas “memórias” o autor, além da gestão da pandemia e da crise de saúde pública que ainda se mantém, e do modo como as nossas autoridades com elas lidaram ou lidam, aborda temas como a reforma do sistema político e eleitoral, a descredibilização da política e dos políticos e o exercício das liberdades e garantias dos cidadãos.

PÚBLICO-ALVO | geral

28 e 29 de outubro
XI Jornadas da Rede de Bibliotecas da Maia

A Biblioteca Municipal Doutor José Vieira de Carvalho, em parceria com as Bibliotecas Escolares, Biblioteca das Juntas de Freguesia, e Centros de Documentação, tem desenvolvido uma rede concelhia de bibliotecas que tem como objetivo consolidar dinâmicas de trabalho colaborativo ao nível da organização, gestão, eficiência e disponibilização de recursos documentais bem como da promoção do livro e da leitura.
É através desta Rede que a Biblioteca Municipal pretende minimizar assimetrias no acesso à informação e ao conhecimento indo ao encontro das necessidades da comunidade que serve. É neste contexto que surge a organização das Jornadas da Rede de Bibliotecas da Maia que pretende dotar os diferentes profissionais de ferramentas adequadas e atualizadas ao desenvolvimento do seu trabalho, independentemente do contexto em que se inserem (Bibliotecas Escolares, Centros de Documentação, Bibliotecas de Junta de Freguesia).

HORÁRIO | Dia 28 das 09:00h às 19:00h e das 21:00h às 23:00h
Dia 29 das 09:00 às 13:00h.
PÚBLICO-ALVO | geral

29 de outubro, 16h00
Asas de Poesia

O grupo “Asas de Poesia” continua como espaço de comunicação da palavra escrita em forma de POESIA, procurando homenagear ao mesmo tempo grandes poetas desaparecidos e procurando apresentar géneros poéticos diferentes. Cada sessão do grupo pretende ser uma agradável tarde de convívio entre a poesia, a música e o público.

PÚBLICO-ALVO | geral