Passar para o Conteúdo Principal Top
Ambiente Maia
Logótipo da Câmara Municipal de Maia

Sorria, está na Maia!

O Metro 

Para além dos critérios de mobilidade e intermobilidade, a introdução do Metro na cidade da Maia teve em conta, sobretudo os impactes produzidos por um novo sistema de transporte com características nitidamente urbanas, assumindo-se como parte integrante de um sistema orgânico que é a cidade.

O prolongamento da linha até ao centro da Maia, é uma das novas fases do projecto do Metro do Porto que vem dar resposta às necessidades dos cidadãos, de acordo com os critérios de densidade urbana e demográfica.

image_Metrolinha B, que abriu ao público em Março de 2005, aproveitou o anterior canal ocupado pelos Comboios de Portugal (CP), que realiza até ao momento o percurso desde a Estação do Estádio do Dragão até à Estação de Pedras Rubras. Funcionam nesta linha cinco estações que integram abrigos de superfície urbanos.

O funcionamento desta linha ocorre no intervalo das 6h00 às 0h36, ocorrendo a primeira partida da Estação de Pedras Rubras às 6h23 e a última às 0h36.

O prolongamento desta linha prevê a sua extensão no antigo caminho férreo atravessando o Concelho de Vila do Conde e terminando no Concelho da Póvoa de Varzim, acrescentando 16 estações à actual linha. 

A integração do Metro no espaço urbano também tem investido na requalificação urbana e nas potencialidades geradoras de crescimento e desenvolvimento, como é exemplo o prolongamento da linha C até ao Instituto Superior da Maia (ISMAI), criando um corredor essencial de crescimento orgânico e de ligação entre o núcleo central de serviços da Cidade da Maia, a Zona Industrial da Maia e o núcleo do Castêlo da Maia, terminando esta via na Ribela – o extremo norte do concelho.

Actualmente, a linha C faz já a ligação do centro da Maia ao Estádio do Dragão, num acréscimo de rede de cerca de 7 km. Neste trajecto, o traçado do Metro utiliza, de forma geral, o canal anteriormente ocupado pela linha ferroviária do Minho. Para esta linha está prevista uma frequência de circulação de quatro composições duplas por hora (no horário de ponta), correspondente à passagem de um veículo em cada 15 minutos.

image_Estacao_metroO troço correspondente à linha P, extensão à Senhora da Hora – Póvoa do Varzim, terá seis estações no Concelho da Maia, servindo a área a Oeste e articulando-a quer com o Aeroporto de Pedras Rubras – através de uma extensão da linha P, quer com Matosinhos e o Porto. O troço correspondente à extensão Senhora da Hora – Trofa terá sete estações no Concelho da Maia, três das quais num troço novo em via única, novamente articulada com os concelhos do Porto e de Matosinhos, mas servindo o eixo central Sul-Norte do Concelho.