Passar para o Conteúdo Principal Top
Desporto CM Maia
Logótipo da Câmara Municipal de Maia

#sorrirseguirseguro

Futebol Clube de Pedras Rubras

Futebol Clube de Pedras Rubras

Em Moreira da Maia existiu o Sport Clube de Moreira da Maia, o Moreira da Maia Futebol Clube e o Atlético Clube da Estação.
Por volta dos finais dos anos 30 (1938-39) todos se extinguiram por motivos dos mais variados.
Em 30 de Novembro de 1941, um grupo de Cidadãos reunidos na Quinta de Pedras Rubras, decidiram fundar o Sporting Clube de Moreira da Maia – Pedras Rubras.
Porém, como apareceu outro Clube na freguesia de Moreira denominado Sporting Clube de Moreira da Maia – Padrão, em 1942 os de Pedras Rubras passaram a denominar o seu Clube de Sporting Clube de Pedras Rubras.
No entretanto, o Sporting Clube de Moreira da Maia – Padrão extinguiu-se em 1946, pelo que o Sporting de Pedras Rubras mudou, de novo, de denominação, passando, em definitivo, para Futebol Clube de Pedras Rubras, elaborado e legalizado os seus Estatutos em 8 de Fevereiro de 1947.
Em 1946, também é arrendado o Campo de Jogos, em Vila Nova da Telha, ao Sr. Joaquim da Silva Salgueiro, onde se iniciaram os primeiros jogos particulares de verão e os jogos da entretanto criada Secção de Voleibol.
Já em 1950 e como o Campo de Jogos era de reduzidas dimensões foi o mesmo ampliado e dotado das medidas mínimas para a prática de futebol de onze a nível oficial, passando a denominar-se Campo “Maria da Fonte”, que era o nome da filha do Sr. Joaquim da Silva Salgueiro.
Na época de 1950/51 inicia o Futebol Clube de Pedras Rubras a sua atividade oficial em futebol de onze de maneira ininterrupta, até aos dias de hoje.
Em 1954 tornou-se filial do Futebol Clube do Porto com o nº 43 (hoje é a nº 20).


De então para cá ressaltam os seguintes acontecimentos:
  • Campeão de Série da 3ª Divisão, na época de 1952/53;
  • Vencedor da Prova Extraordinária de Juniores na época de 1963/64;
  • Após vencer, na finalíssima, a equipa sénior do Perafita, ascendeu à 2ª Divisão, na época 1968/69;
  • Em 1971/72, campeão da 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto e, pela primeira vez, ascende à 1ª Divisão;
  • Em 1975/76 venceu, na categoria de iniciados, a Taça José Bacelar;
  • Em 1979/80 desce à 2ª Divisão, em 83/84 sobe à 1ª Divisão, para voltar a descer em 1985/86;
  • Em 1986/87, voltou à 1ª Divisão;
  • Em 1987/88 foi Campeão Distrital de Amadores Série B;
  • Em 1990/91 foi Campeão Distrital de Amadores Série C;
  • Com a criação em 1992 da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto, o Pedras Rubras passou a integrá-la até 1999, ano em que foi Campeão e ascendeu à 3ª Divisão Nacional, Feito histórico pois nunca antes tinha estado nos Campeonatos Nacionais.
  • Em 2001 ascendeu à 2ª Divisão “B”, após o 2º Lugar na Série B do Campeonato da III Divisão Nacional, onde ainda hoje se encontra.
Outras modalidades foram praticadas: na 1ª década da sua existência, o Pedras Rubras teve uma Secção de Voleibol que, conforme muitos recordarão, atingiu enorme sucesso, tendo desaparecido por falta de recinto desportivo adequado à sua prática. O mesmo sucedeu ao Andebol, criado em 1966 e desaparecido em finais dos anos 80, pelo mesmo motivo.
Porém, foi graças ao Andebol que o Clube possui um magnífico complexo desportivo e de lazer. Efetivamente com a intenção de possibilitar ao Pedras Rubras a construção de um Pavilhão Gimnodesportivo para a prática da referida modalidade, o benemérito António Joaquim da Silva doou ao Clube o terreno que agora alberga estas excelentes instalações. Foi no longínquo ano de 1971.
 
nstalações:
Estádio Municipal de Pedras Rubras


Modalidades:


Futebol Senior

Futebol Formação
  • Juniores, 
  • Juvenis, 
  • Iniciados (sub15 e sub14), 
  • Infantis, 
  • Benjamins (sub10 e sub11)
Escolinha de Formação 
  • Traquinas, 
  • Petizes ,
  • Minis

Rua António Herculano Pereira Maia, S/N 
4470-566 Moreira