Passar para o Conteúdo Principal Top
Câmara Municipal de Maia
Logótipo da Câmara Municipal de Maia

Sorrir para a Vida.

O “Príncipe Nabo” trouxe todos os alunos do 5º e do 6º ano do Agrupamento de Escolas do Levante da Maia ao Fórum da Maia!

Img 0826 1 1024 2500
Img 0850 1 1024 2500
Img 0844 1 1024 2500
Img 0837 1 1024 2500
Img 0834 1 1024 2500
Img 0856 1 1024 2500
Img 0842 1 1024 2500
Img 0862 1 1024 2500
Img 0882 1 1024 2500
Img 0887 1 1024 2500
Img 0876 1 1024 2500
26 Fevereiro 2019

O Projeto “À Barca, À Barca” nasce do feliz encontro entre a arte e o engenho da Companhia de Teatro do Bolhão, a oportunidade de candidatura ao programa Iniciativa de Inovação e Empreendedorismo Social e o sempre presente desejo incansável da Câmara Municipal da Maia na promoção do sucesso escolar dos/as aluno/as.
Atendendo a que o domínio da língua é absolutamente fundamental para o sucesso escolar, é necessário alavancar o envolvimento das crianças e jovens no processo de aprendizagem e formação. As artes em geral e o teatro em particular, baseiam-se em processos interpretativos em que a comunicação de uma mensagem é sempre o objetivo principal. Por isso o teatro se assume, como um mediador privilegiado para trabalhar o interesse, a prática e expressão do Português, ferramenta nuclear e transversal a todas as disciplinas do ensino básico. Todas as peças trabalhadas no projeto “À Barca, À Barca” surgem de obras que integram o Plano Nacional de Leitura.
Ancorado na Câmara Municipal da Maia, o projeto desenvolve-se junto dos/as alunos/as e professores/as do Agrupamento de Escolas do Levante da Maia, que não hesitou em embarcar.
A peça “O Príncipe Nabo”, uma das obras literárias de Ilse Losa, trouxe ao grande ao Grande Auditório do Fórum da Maia, no dia 26 de fevereiro, 200 alunos/as do 5º e do 6º ano, que, no final da peça, puderam questionar o elenco. Perguntas como “Quanto tempo demora a ensaiar uma peça de teatro?” ou “Como decoram os textos?”, entre outras, foram prontamente respondidas. Também os/as professores/as que acompanham as turmas reconhecem a mais-valia deste projeto, muito pelo dinamismo que aporta às suas aulas.

 

#JUNTOSPELAEDUCAÇÃO