Passar para o Conteúdo Principal Top
Ambiente Maia
Logótipo da Câmara Municipal de Maia

#FiqueEmCasa

Energia

Poupar energia - O setor energético é responsável por mais de 80% das emissões de GEE na União Europeia. A energia usada nas habitações representa 17,4% do consumo final, sendo necessário fazer um uso eficiente da mesma.

Certificado energético da habitação – optar por um imóvel com desempenho energético A+ é ambientalmente e financeiramente mais vantajoso.

Rótulos energéticos – escolher equipamentos classificados como A+++, pode representar uma poupança de cerca de 30% de energia relativamente a equipamentos com outras classificações.

Isolamento – procure soluções de isolamento para melhorar o conforto térmico da casa e assim, evitar o gasto de energia em equipamento de aquecimento.

Energias renováveis – para além de poder optar por tarifas verdes, se a exposição solar da habitação for favorável, pode eleger como fonte de energia um painel solar. O investimento inicial é elevado, mas facilmente recuperável.

Lâmpadas economizadoras – as lâmpadas LED são uma alternativa que oferecem uma poupança energética entre 70 e 85%.

Stand by – é necessário desligar completamente os equipamentos para que estes não gastem energia. Embora seja mais simples coloca-los em stand by, esta é uma medida que faz aumentar a sua pegada ecológica.