Passar para o Conteúdo Principal Top
Ambiente Maia
Logótipo da Câmara Municipal de Maia

#FiqueEmCasa

Exposição Digital Interativa

Nesta exposição, a partir da realidade virtual, os participantes foram convidados a entrar em quatro ambientes distintos: “Degelo”, “Florestas”, “Fome” e “Incêndios”. Um jogo de perguntas e respostas em que as respostas erradas dos participantes demonstram o impacto de cada ação errada no ambiente com consequências desastrosas.

Com o propósito de reforçar a resiliência e a capacidade de adaptação a riscos relacionados com o clima e as catástrofes naturais, de incutir a cada interveniente a responsabilidade de reproduzir comportamentos eficientes, promovendo as boas práticas, no dia-a-dia de cada um e de promover a cidadania e responsabilidade ambiental com minimização da pegada ecológica individual e global, foi criada uma exposição digital, modular, com carácter itinerante, sobre as alterações climáticas, que assume um formato dinâmico e inovador, no sentido de aproximar o público visitante da problemática em causa, usando uma comunicação visual forte, que sensibiliza para o tema e que contribui para a promoção de comportamentos ambientalmente sustentáveis, , a exposição digital interativa foi, sem dúvida, um dos grandes atrativos deste projeto.

A exposição não se limita a um mero repositório de informação científica sobre o tema, transmitida ao público visitante, de uma forma passiva, mas antes constitui-se num espaço que cria uma interação entre o cidadão e a temática, levando o público a percorrer um caminho desde o conhecimento e da sensibilização, até à ação e à esperança num futuro melhor.


Esta exposição esteve presente em vários locais e eventos emblemáticos da nossa cidade:

Câmara Municipal da Maia

A exposição esteve inicialmente presente do dia 9 ao dia 30 de maio, no átrio da Torre do Lidador, e contou com a presença de mais de 1000 participantes.

Hortíssima

Sendo a exposição itinerante, o segundo lugar escolhido foi a Hortíssima, no Parque Central da Maia do dia 1 ao 5 de junho. É um evento que conta com cerca de 20 000 visitantes e que dispõe de um programa com diversas atividades. Neste evento contamos com a presença e participação na exposição do Ministro do Ambiente, Dr. º João Pedro Matos Fernandes.

Parque do Avioso

A exposição esteve ainda apresente no Parque do Avioso do dia 6 de junho ao dia 5 de julho. O Parque de Avioso permite o contacto dos seus visitantes com a natureza num espaço moderno, atraindo um grande número de visitantes.

Quinta da Gruta

De seguida, esteve presente no Complexo de Educação Ambiental da Quinta da Gruta (CEAQG), do dia 14 de junho ao dia 15 de setembro. Este espaço é dirigido a toda a comunidade, mas com especial destaque para os estabelecimentos de ensino e populações mais jovens. Foi possível integrar a visita à exposição, com as várias atividades desenvolvidas pelo CEAQG com escolas e centros de estudos locais.

Semana da Mobilidade

Entre o dia 16 e 22 de setembro a exposição esteve presente na Semana da Mobilidade da Maia, na Praça do Doutor José Vieira de Carvalho, abrangendo 1500 visitantes. Mais uma vez, foi notório o interesse demonstrado por todas as faixas etárias para esta problemática que cada vez mais é evidente no nosso quotidiano.

Nas Escolas

Com os avanços tecnológicos e as constantes mudanças do meio envolvente, a exposição demonstrou ser uma forma mais apelativa de partilha de conteúdos. Os alunos da Escola Secundária da Maia, Escola Básica do Levante da Maia e Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho, mostraram-se bastante interessados e empenhados, tanto com o tema como com a tecnologia envolvente. Foi possível ver o entusiamo por estarem a aprender algo tão impactante fora da sala de aulas, ouvindo-se muitas vezes comentários de como é mais fácil reterem a informação quando se criam modos de aprendizagem diferentes.