Passar para o Conteúdo Principal Top
Câmara Municipal de Maia
Logótipo da Câmara Municipal de Maia

Sorrir para a Vida.

Passe Único. Andante. Novo Tarifário-Assinatura Mensal

Banner andante 1 1024 2500
02 Abril 2019

A Área Metropolitana de Porto tem, a partir de abril, um passe único válido para viagens dentro dos seus 17 concelhos, por um valor máximo de 40 euros.

As medidas previstas para a Área Metropolitana de Porto (AMP) a partir de 1 de abril preveem um passe único metropolitano e um passe municipal.

Flyer_A5_andante
Esta iniciativa está inserida no Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos (PART), que prevê que as Áreas Metropolitanas de Lisboa (AML) e do Porto (AMP) e as 21 Comunidades Intermunicipais (CIM) recebam um total de 104 milhões de euros do Fundo Ambiental, através do Orçamento do Estado.

Estas são as principais alterações no sistema de transportes públicos na Área Metropolitana de Porto (AMP), com início a 1 de abril:

A partir de 1 de abril, o novo passe Andante Metropolitano custa no máximo 40 euros mensais por utente e permite viajar em todos os operadores de transportes públicos na AMP.

É também criado um passe municipal, válido para os 17 concelhos que integram a AMP, com o custo de 30 euros para viagens dentro do concelho ou até três zonas contíguas.

Os títulos podem ser adquiridos e carregados como habitualmente nas lojas Andante, pontos de venda Andante e Bilheteiras CP, mantendo-se em vigor as taxas de desconto dos tarifários sociais existentes, de 25%, 50% e 60%, agora aplicada sobre as novas tarifas.

Até três zonas, o Passe Social passa de 28,80 euros para 22,50 euros, o Passe Social+ passa de 19,20 euros para os 15 euros, e o de Reformado mantém-se nos 22,50 euros.

Com passe metropolitano, o Passe Social fixa-se nos 30 euros, com uma poupança de 8,40 euros, o Passe Social + passa dos 28,80 euros para 20 euros e o de Reformado para 30 euros.

Os estudantes do Ensino Superior que beneficiam de Ação Social Direta migram também para o regime do Passe Único. Um estudante bolseiro com Z2 ou Z3 passa a pagar 12 euros e um estudante com mais de três zonas passa a pagar 16 euros pela assinatura mensal.

O novo tarifário, que é válido por um mês, prevê ainda a introdução de mais dois títulos: o passe sub12, cuja entrada em vigor foi adiada para 1 de setembro, por altura do início do novo ano letivo, e o passe família sobre o qual a AMP não se compromete com uma data para o seu arranque.

O novo passe é mensal, válido entre o dia 1 e o último dia do mês para o qual é adquirido.

A expectativa da AMP é que partir de 1 de maio o passe único possa ser implementado nos 17 concelhos.

O passe será válido nos 17 concelhos da AMP, integrada pelos municípios de Arouca, Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Paredes, Porto, Póvoa de Varzim, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, São João da Madeira, Trofa, Vale de Cambra, Valongo, Vila do Conde e Vila Nova de Gaia.

As empresas e linhas em vigor podem ser consultadas em:
https://www.linhandante.com/linhas.asp

Para mais informações os utentes tem ao dispor os seguintes meios:
Call center 808 200 444 ou 226 158 151 ou cliente@linhandante.com

Site www.linhandante.com

Ver Flyer Informativo!

Fonte JN; Andante; Público; AMPorto