Passar para o Conteúdo Principal Top
Cultura CM Maia
Logótipo da Câmara Municipal de Maia

Sorria, está na Maia!

Professor Doutor Joaquim Rodrigues dos Santos Júnior

Nascido em Barcelos em 1901, Licenciou-se em Ciências Histórico-Naturais pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto em 1923 e em Medicina, pela respectiva Faculdade da mesma Universidade em 1932. Só fez clínica por curto espaço de tempo já que decidiu dedicar-se por inteiro quer ao ensino quer à investigação.

Nomeado para Assistente da cadeira de Antropologia em 1923, doutora-se em 1944 e faz concurso para Professor Extraordinário em 1948.

Realizou diversas missões de estudo antropológico à África, nomeadamente entre 1936 e 1948. Foi discípulo e continuador do Professor Mendes Correia, nomeadamente como director do Instituto de Antropologia da Universidade do Porto, que ostenta o nome daquele insigne investigador.

Publicou muitas dezenas de trabalhos e vários livros, nomeadamente versando a Antropologia, a Etnografia, a Pré-História e a Zoologia. Alguns deles tiveram como palco a Maia, com destaque para a descoberta e as primeiras referências nacionais e internacionais à Pedra Partida de Ardegães.

Entre muitas outras Instituições, pertenceu à Sociedade Portuguesa de Antropologia e Etnologia, à Sociedade de Geografia de Lisboa, à Associação dos Arqueólogos Portugueses, à Sociedade Martins Sarmento, à Real Academia Galega, ao Institut International d’Anthropologie e à Société Etnographique de Paris.

Faleceu em 1990, tendo por mais de 50 anos habitado a Quinta da Caverneira.