Passar para o Conteúdo Principal Top
Ambiente Maia
Logótipo da Câmara Municipal de Maia

#sorrirseguirseguro

ETAR de Cambados

A funcionar desde 1985, a estação de tratamento de Águas Residuais de Cambados foi a primeira estação de depuração a nível municipal da Área Metropolitana do Porto. 

etarcambadosA qualidade do serviço prestado tem sido um dos pilares desta ETAR, estando esse aspecto bem patente no elevado grau de depuração da água tratada – na ordem dos 98%. Esta política ambiental tem trazido melhor qualidade de vida à comunidade maiata e melhor qualidade ambiental, com ênfase na bacia hidrográfica do rio do território municipal que a ETAR apoia – o rio Onda.                

Esta ETAR recebe parte das águas residuais produzidas nas freguesias de Gemunde, de Moreira e de Vila Nova da Telha, freguesias estas cujo crescimento urbanístico dos últimos anos tem levado a redimensionamentos daquela infra-estrutura. Desta forma, passou de uma capacidade inicial de tratamento de 990 m3 por dia, num total de 9800 habitantes, para servir, em 2003, 10000 habitantes num total de 1882 m3 por dia. As últimas obras de ampliação e modernização da ETAR de Cambados visaram um horizonte de projecto até 2040, prevendo abranger um total de 26000 habitantes e um caudal médio diário de 7040 m3.

 

O Processo de tratamento do efluente é caracterizado por duas fases:
Tratamento da fase líquidaTratamento da fase sólida
Tratamento preliminar
Tratamento biológico (lamas, decantação e recirculação)

Espessamento
Desidratação mecânica

As lamas decantadas são acumuladas e posteriormente são reenviadas para o tanque de lamas activadas. As lamas activadas decantadas, quando em excesso, são enviadas para um tanque espessador para diminuir a grau de humidade. Após o espessamento, as lamas são desidratadas, cuja concentração em sólidos atinge os 20%, têm como destino a Estação de Compostagem da ETAR de Parada.

Para mais informações deve contactar:

ETAR de Cambados
Lugar de Cambados
Vila Nova da Telha