Passar para o Conteúdo Principal Top
Ambiente Maia
Logótipo da Câmara Municipal de Maia

#sorrirseguirseguro

Ecocaminho

O Ecocaminho da Maia, passou de caminho de ferro a ciclovia e a circuito pedonal!

ecocaminho-maia

O Ecocaminho corresponde a um troço da antiga linha ferroviária de Guimarães integrado num percurso mais abrangente, este de aproximadamente 3,3 km, desde a Quinta dos Cónegos, na freguesia da Cidade da Maia, ao antigo Apeadeiro de Mandim, na extinta freguesia de Barca, atual freguesia do Castêlo da Maia.

Pretende-se uma adequabilidade do Percurso às ligações diretas a interfaces de transportes promovendo a intermodalidade, dado o facto da bicicleta poder ser transportada em transporte publico - o metro.

É ainda promovida a interação social com a criação de uma área de estadia e de um espaço de recreio dirigido aos mais pequenos, materializado com um parque infantil, munido de infraestruturas de apoio, nomeadamente de um ponto de água potável, junto da antiga estação ferroviária da Maia.

Ao longo deste percurso são oferecidas distintas paisagens, onde prevalecem área arborizada, confrontações com logradouro de hortas, a antiga estação ferroviária da Maia e áreas agricultadas.

A reconversão deste canal em circuito pedonal/ciclável visa equacionar uma rede de circulação partilhada, de modo suave, tendo como universo de utilizadores o caminhante, o ciclista frequente ao pouco experiente, adultos e crianças. Neste canal é proibido o acesso a veículos motorizados na garantia de assegurar condições de circulação e segurança, privilegiando este canal nos cruzamentos com a rede viária, onde são minimizadas as situações de conflito, dando prioridade aos utilizadores do Ecocaminho, prevalecendo a perceção de segurança e a sensação de conforto.

 

Comprimento do percurso: 3,3 km

Morada:

Início/Fim: Via Periférica, lugar do Souto.

Fim/Início: Mandim.