Passar para o Conteúdo Principal Top
Ambiente Maia
Logótipo da Câmara Municipal de Maia

Sorria, está na Maia!

Ecocentros

Em Portugal desde 1993, os ecocentros têm revolucionado a estratégia de recolha de resíduos, dando a possibilidade a milhares de pessoas para depositarem os seus resíduos para posterior reciclagem.
Qual a diferença entre os ecopontos e os ecocentros?

Os ecocentros são áreas vigiadas e vedadas dedicadas à recepção de resíduos sólidos urbanos, com um volume de recepção superior aos ecopontos e eventual mecanização, para preparação e encaminhamento dos resíduos para reciclagem.

Deste modo, nos ecocentros podemos encontrar contentores de grandes dimensões (30m3), o que permite receber maiores quantidades de materiais e, ao mesmo tempo, depositar uma maior diversidade de resíduos, como papel, plástico, vidro, sucatas, resíduos verdes, madeiras, colchões, pequenos entulhos, pilhas, baterias, lâmpadas fluorescentes e óleos alimentares usados.

Deve-se, no entanto, ter algum cuidado no acondicionamento de alguns destes resíduos, uma vez que se tratam de resíduos domésticos especiais.

Como pode encontrar um ecocentro?

Existem cinco ecocentros no Concelho da Maia e estão estrategicamente situados, de modo a que não tenha de se deslocar mais do que 5 km de sua casa ao ecocentro:

EcocentroMorada e localização
Ecocentro de Santa Maria de Avioso

Travessa da Telheira, Lugar de Ferreiró

Ecocentro de Moreira

Zona Industrial Maia I, Sector VI

Ecocentro de Folgosa

Travessa da Siderurgia, Lugar de S. Frutuoso

Ecocentro de Águas Santas

Rua Manuel Gonçalves Lage, Lugar de Parada (Junto à ETAR de Parada)

Ecocentro de Nogueira

Rua Eusébio da Silva Ferreira (Junto à Escola EB 2,3 de Nogueira)

Para mais informações sobre os ecocentros da Maia, contacte a Maiambiente pela Linha Verde 800202639 ou visite o portal (www.maiaambiente.pt).

 

Como pode utilizar os ecocentros?

A deposição de resíduos recicláveis nos ecocentros é voluntária.

image_preview (4)Pequenas indústrias e comércios também podem recorrer a este sistema de deposição selectiva, mediante uma credencial a solicitar à Maiambiente EEM, apresentada de cada vez que pretendam aceder ao respectivo ecocentro.

Os utilizadores devem dirigir-se à portaria para identificação junto do funcionário da Maiambiente, inspecção aos materiais a depositar e registo da descarga.

Da apreciação do tipo de materiais transportado, a Maiambiente poderá conceder ou recusar a descarga, fundamentando para tal a sua decisão. Caso seja concedida autorização de descarga, devem ser cumpridas as regras de circulação e a sinalização existente, sendo o procedimento de descarga da responsabilidade do utente. Todos os utilizadores devem acatar sempre as indicações e informações da Maiambiente.

Os ecocentros estão disponíveis de Segunda a Sábado, conforme horário da tabela seguinte. Para além do encerramento ao Domingo, os ecocentros encontram-se fechados nos dias de feriado. Nos dias de encerramento semanal, os munícipes podem utilizar um dos quatro ecocentros abertos.

Horário/ EcocentroSeg.Ter.Qua.Qui.Sex.Sab.
Avioso (St.ª Maria)

X

09-12
14-18

09-12
14-18
09-12
14-18
09-12
14-18
09-12
14-18
Moreira

09-12
14-18

X

09-12
14-18
09-12
14-18
09-12
14-18
09-12
14-18
Águas Santas

09-12
14-18

09-12
14-18

X 09-12
14-18
09-12
14-18
09-12
14-18
Nogueira

09-12
14-18

09-12
14-18

09-12
14-18
X 09-12
14-18
09-12
14-18
Folgosa 09-12
14-18
09-12
14-18
09-12
14-18
09-12
14-18
X 09-12
14-18

X- dia de encerramento semanal

A alteração do horário de funcionamento dos Ecocentros, no período manhã, vigora a partir do dia 01 de outubro de 2016, sendo que até essa data mantém-se o atual horário 10h00 - 13h00.

 
Alguns cuidados a ter:
  • Os materiais devem ser previamente separados, exclusivamente de acordo com as tipologias previstas na tabela abaixo.
  • Para quantidades superiores ao previsto na mesma tabela, os materiais devem ser encaminhados directamente para as instalações da Lipor, em Ermesinde.
  • As embalagens devem ser previamente esvaziadas do seu conteúdo.
  • Os materiais entregues devem ocupar o menor volume possível.
  • Os materiais leves e de pequenas dimensões (ex: esferovite, cd/dvd) devem ser entregues em sacos fechados e transparentes.
  • Não são aceites materiais que contenham ou tenham contido substâncias perigosas.
MaterialColocarNão Colocar
Papel

Embalagens de cartão, rolos de cartão, papel, jornais, revistas

Cartão complexo, papel encerado, papel copiativo

Plástico

Garrafas, garrafões, bidões, baldes, embalagens, sacos, filme (s/ conteúdo)

Componentes de viaturas, pára-choques

Vidro

Garrafas, frascos e garrafões (s/ invólucro plástico)

Lâmpadas, espelhos, cerâmicas, vidros planos, pára-brisas

Madeira

Paletes, divisórias de móveis de madeira, aglomerados, serrim (em sacos)

Pavimentos com alcatrão, estuque, “pladur”

Metais

Metais ferrosos e não ferrosos, bidões e latas

Com vaso ou embalagens

Verdes

Ramos, folhas, flores e ervas

 

Monstros

Sofás, colchões, alcatifas, móveis

 

Equip. eléctrico e electrónico

Electrodomésticos televisões, rádios, computadores, faxes, telefones, telemóveis

Equipamento industrial

Entulhos **

Restos de pequenas obras, betão, tijolos, telhas, cerâmica

Outros

Baterias

Acumuladores, pilhas

Outros

Tinteiros e toners

Tinteiros e toners de impressoras

Cartuchos de gráficas

Lâmpadas fluorescentes

Lâmpadas fluorescentes

Qualquer outro tipo de lâmpada

Óleos vegetais

Óleos alimentares

Outros

Esferovite

Não contaminado

Outros

Nota: Esta é uma lista não exaustiva.

*A quantidade máxima aceite dependerá sempre da capacidade de deposição existente em cada momento no Ecocentro.

** Para quantidades superiores a 1m3/mês entregar numa unidade de tratamento autorizado.