Passar para o Conteúdo Principal Top
Cultura CM Maia
Logótipo da Câmara Municipal de Maia

Sorria, está na Maia!

Padre João Vieira Neves Castro da Cruz

Nascido em 8 de Julho de 1828, tomou ordens de presbítero em 1852. Depois de ordenado foi nomeado capelão de Nª. Sª. de Guadalupe em Águas Santas. Colaborou em vários jornais e publicações, com especial destaque para a «Revista da Maia», «o Monitor de Bouças» e «A Palavra».

Publicou vários trabalhos de temática religiosa, de entre os quais a «Novena de Nª. Sª. de Guadalupe...» e o «Prospecto Historico dos Papas desde S. Pedro até os nossos dias». Mas foi sobretudo a sua preocupação com a história e os costumes da Maia que o liga, indelevelmente ao estudo do nosso passado.

A sua obra «Descripção topographica e historica da freguesia de S. Thiago de Milheiros», de 1868, reeditada pela Câmara Municipal da Maia em 1969, é modelo de monografia local, se atendermos à época em que foi publicada. Nela o autor revela enorme erudição, grande conhecimento dos clássicos e consciência da necessidade de preservar, por escritos, costumes e usos que se iam perdendo.

O Padre Vieira Neves foi fundamental informador de Pinho Leal, para o seu «Portugal Antigo e Moderno...».